4 dicas de atividades evangélicas para crianças

Nós sabemos que educar uma criança está longe de ser uma tarefa fácil, não é? Mesmo para aqueles que ainda não se tornaram pais ou mães, não fica difícil de imaginar o quanto de dedicação é necessário para darmos uma educação exemplar para nossos filhos e coloca-los no caminho mais próximo da felicidade. O intuito deste artigo é contribuir com os pais e responsáveis sugerindo algumas atividades evangélicas para crianças, para alegrar seu filho e mostra-lo o caminho de Deus desde cedo. 

1. Crianças podem ser teimosas.

Em determinados momentos, mesmo aquela criança mais “Tranquila” (como costumamos dizer), tem seus ataques de rebeldia ou questionamento sobre os pais e/ou os responsáveis. Isso é natural e saudável, o mais importante é a forma como os pais e responsáveis lidam com a esses pequenos devaneios. Portanto, para prevenir estas crises, é importante que a criança esteja ocupada com atividades de lazer, além de suas obrigações escolares. Tente encontrar o que seu filho mais gosta de fazer e conciliar esta atividade com a igreja. Pode ser confuso para uma criança encontrar este ponto, cabe aos responsáveis facilitar. 

Música, Games, Teatro e esportes. 

Estes são apenas alguns pilares de milhares de atividades que podem ser feitas na igreja. Atualmente, com o advento da internet, smartphones, Vídeo games, redes sociais, tão alcançável a crianças, a tarefa dos pais ficou um pouco mais árdua. Manter uma criança alienada das tecnologias do mundo pode não ser a melhor opção, mas sim, determinar momentos em que estão liberadas para usar e de que maneira devem usar. 

1. Música.

Uma criança pode facilmente despertar seu interesse por música, mesmo ainda não tendo referências de artistas nem de gêneros musicais que gosta, então é uma boa atividade para ser feita em grupo, além de ser muito divertido tirar sons de instrumentos, é o cruzamento perfeito entre a matemática e as emoções. É muito comum que esta atividade já exista na sua igreja, mas existe o incentivo para que as crianças se interessem?

Lembre-se que uma criança não se interessa por música como um adulto, não tem as mesmas emoções e nem entende as complicações dos adultos. Encontre uma pessoa que a criança tenha afinidade e ressalte tudo que esta pessoa tem de bom, ter um ídolo é uma boa forma de incentivo. É importante que os pais sejam compreensivos com os gostos das crianças, evitando a opressão e sim argumentando e mostrando o que cada tipo de música tem de bom.

2. Games

Uma característica boa dos Games é que podem ser jogados com várias crianças, os pais ou responsáveis podem inventar uma atividade de caráter competitivo no qual o objetivo seja acertar a conduta mais apropriada para o meio evangélico, contendo ensinamentos bíblicos e recompensas pelo acerto. Além deste tipo de brincadeiras, existem diversas opções de jogos evangélicos para crianças que são muito divertidos e educativos

3. Esportes

Esportes são fundamentais para que as crianças gastem suas energias, e a maioria dos esportes possuem suas filosofias e condutas que são quase sempre muito ricas e trazem grande valor para os atletas. Lutas como Judô, Karatê e Kung Fu trazem culturas muito ricas e são altamente recomendáveis para crianças. Futebol, ciclismo, natação, skate, todos os esportes estão altamente ligados ao mecanismo Esforço x Recompensa, não importa qual seja, contanto que tenha o apoio e observação dos pais e o incentivo a competir. 

As competições são boas formas de aprender a lidar com momentos de glória e momentos de derrota, como é a nossa vida. Em momentos de glória sabemos que devemos ser gratos pela graça alcançada, não cairmos em tentações e ter a humildade no coração para ajudar aqueles que estão passando por maus bocados.  Em momentos de derrota, devemos saber que nossa hora de conquistas chegará e que não devemos desistir. 

4. Teatro

Quase sempre as peças infantis são de caráter educativo, o que pode ser uma boa maneira de ensinar lições para as crianças, mas é preciso cuidado com esta atividade. Uma peça de teatro geralmente contém papéis mais grandiosos e papéis coadjuvantes, menos importantes. É comum que crianças queiram escolher seus papeis e nem sempre são adequados para elas. Uma maneira de resolver este tipo de questão é sortear ou deixar a escolha dos alunos que tiverem melhor desempenho em outras atividades, ou até mesmo melhores notas na escola. 

É importante, em qualquer atividade que não esqueçamos de fortalecer o mecanismo Esforço x Recompensa, e que sempre seja reforçado o ensinamento das boas condutas para as crianças, então a tarefa do condutor de uma turma de escola dominical é talvez a que mais requer atenção e muita paciência. Assim como os professores, os pais tem o principal dever de acompanhar o desenvolvimento do filho nas atividades e auxilia-lo a alcançar o que ele deseja nessas atividades, afinal os pais são os maiores espelhos das crianças. 

Comente!