Tudo sobre Edir Macedo: Vida e Bibliografia

Edir Macedo Bezerra é um televangelista, bispo evangélico, empresário e escritor. É o criador e atual representante da Igreja Universal do Reino de Deus e dono do Grupo Record, considerada a segunda maior emissora de TV do Brasil.

Filho de Eugênia de Macedo Bezerra e Henrique Francisco Bezerra, criou a Igreja Universal em julho de 1977 com o seu cunhado, Romildo Ribeiro Soares. Desde a década de 1980 a igreja se tornou um dos maiores e mais relevantes grupos neo pentecostais do Brasil. A Rede Record foi adquirida por Edir Macedo no ano de 1989, e perante sua administração, o Grupo Record tornou-se uma das maiores agregações de mídia brasileira. É o compositor de diversos livros de natureza espiritual, entre eles: “Nos Passos de Jesus e Orixás” e “Caboclo e Guias: Deuses ou Demônios?”. Suas publicações já superaram a marca de 10 milhões de amostras vendidas, o que o tornou um dos escritores com maior comercialização de livros no Brasil. O seu blog oficial alcança mais de 4 milhões de visitas no mês.

Em maio de 1992, foi detido depois de um culto feito em um antigo santuário da igreja situado no bairro paulista de Santo Amaro, indiciado por charlatanismo, curandeirismo e estelionato. Foi liberado onze dias depois e as acusações foram, mais tarde, arquivadas por falta de provas. No ano de 2009, outra vez foi centro de denúncias, indiciado pelos crimes de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro, porém essas denúncias foram canceladas porque o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo compreendeu que o conteúdo precisava ser avaliado pela Justiça Federal. Em 2011, foi incriminado pelo Ministério Público Federal, no estado de São Paulo, pelos crimes de retirada de divisas e criação de quadrilha para lavagem de dinheiro. Ainda em 2013, Edir Macedo continuava sendo processado pelo governo norte-americano, e também pelo governo venezuelano por lavagem de dinheiro e fraude.

Foi indicado pela revista Forbes como o ministro mais rico do Brasil, quando a mesma avaliou os seus bens em 1,1 bilhão de dólares, sendo a grande maioria consequência da posse da Record. Contudo, o ministro afirma não fazer parte dos lucros ou de qualquer outro ganho financeiro oriundo da emissora, e que os mesmos seriam reempregados na mesma, tendo afirmado a publicação Isto É que sua renda tinha origem da igreja por meio da “ajuda de custo” financiada a bispos e pastores pela instituição e da autoria dos seus livros.

Livros e músicas

O primeiro livro do ministro foi publicado em 2007, com o título “O Bispo – A História Revelada de Edir Macedo”. Os escritores foram Christina Lems, repórter especial da Record em Brasília; e Douglas Tavalaro, vice-presidente de jornalismo da Rede Record. A obra publicada em outubro de 2007 através da editora Larousse teve seu casting inicial de 700 mil amostras.

Sua autobiografia “Nada a Perder”, alcançou 3 volumes ao todo, sendo que a primeira edição venceu cerca de 1 milhão de amostras em apenas 5 meses, recebendo o título de livro mais vendido no Brasil em 2012. Nessa edição, Edir Macedo narra como a detenção interferiu em sua vida. Na continuação “Nada a Perder 2 – Meus Desafios Diante do Impossível, que foi lançado em agosto de 2013, também ficou na relação de livros mais vendidos naquele ano. A terceira e última edição, “Nada a Perder 3″ foi comercializado em outubro de 2014. Só em nove semana de vendas, mais de 752 mil amostras foram vendidas.

Confira uma reportagem com Edir Macedo:

Comente!